/

BB e Caixa anunciam redução de juros após corte na Selic; confira as mudanças

homem observando queda de juros em gráfico

O Banco do Brasil (BB) e a Caixa Econômica Federal emitiram comunicados na última quarta-feira (20) informando sobre a redução das taxas de juros em diversas linhas de crédito oferecidas pelos bancos. Essa decisão visa beneficiar tanto pessoas físicas quanto jurídicas, promovendo melhores condições de acesso ao crédito.

Dentre as principais linhas afetadas por essa redução, destaca-se o crédito consignado, especialmente aquele destinado aos beneficiários do INSS no Banco do Brasil. Além disso, a Caixa ampliou o prazo de pagamento da linha de capital de giro para micro e pequenas empresas em até 60 meses.

Essas mudanças entrarão em vigor a partir desta quinta-feira (21), para a maioria dos clientes dos dois bancos. No entanto, as pessoas jurídicas que são clientes do Banco do Brasil terão os novos valores em vigor somente a partir desta sexta-feira (22).

É importante ressaltar que essas medidas ocorrem após a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) em reduzir a taxa básica de juros para 12,75% ao ano. Essa redução está alinhada às expectativas do mercado financeiro, que previam um corte de 0,5 ponto percentual.

Leia também:  Aprovado pelo Congresso: Nova isenção do IR beneficia todas as faixas salariais

Banco do Brasil:

Variação nas taxas de juros pode chegar a 0,04% ao mês, dependendo da linha de crédito.

Destaque para linhas como crédito consignado para setor público e INSS, financiamento de veículos, crédito automático, pagamento de salário, benefício, renovação, 13º salário e cartão de crédito.

O consignado para setor público terá taxas de juros a partir de 1,19% ao mês e o crédito estruturado a 1,21%.

O consignado do INSS terá variação entre 1,71% e 1,85%, com redução de 4 pontos base (bps).

As micro e pequenas empresas terão redução nas taxas das linhas como desconto de títulos, capital de giro, conta garantida e outros produtos. A proporção da redução dependerá do relacionamento do Banco com o cliente.

Caixa Econômica Federal:

A taxa média de juros do consignado passa a ser de 1,55%, com uma queda de 0,06% em relação à taxa anterior.

Leia também:  Governo sanciona lei que oferece até 95% de desconto em dívidas fiscais estaduais

Para as micro e pequenas empresas, a Caixa oferece capital de giro a partir de 0,99% ao mês, com uma redução de 0,22 ponto percentual em comparação à taxa anterior. Além disso, o prazo para pagamento dessa linha foi estendido. Os recursos podem ser utilizados para compra de estoque, adequação do fluxo de caixa, pagamento do 13º dos funcionários e outras necessidades sem destinação específica.

Já para as médias e grandes empresas, houve reduções nas linhas de capital de giro Crédito Especial Empresa. Essa linha passará a operar com taxa média CDI + 0,25% ao mês – uma redução de 10% em relação à taxa anterior CDI + 0,28%.

Essas medidas demonstram o esforço dos bancos em acompanhar a diminuição da taxa de juros promovida pelo Banco Central, buscando sustentar a economia e fornecer melhores condições de crédito para os clientes. Essa redução nas taxas pode estimular o consumo e impulsionar a recuperação econômica do país.

BancoPrincipais mudanças
Banco do Brasil– Variação nas taxas de juros pode chegar a 0,04% ao mês, dependendo da linha de crédito.
– Destaques para linhas como crédito consignado para setor público e INSS, financiamento de veículos, crédito automático, pagamento de salário, benefício, renovação, 13º salário e cartão de crédito.
– O consignado para setor público terá taxas de juros a partir de 1,19% ao mês e o crédito estruturado a 1,21%.
– O consignado do INSS terá variação entre 1,71% e 1,85%, com redução de 4 pontos base (bps).
– As micro e pequenas empresas terão redução nas taxas das linhas como desconto de títulos, capital de giro, conta garantida e outros produtos. A proporção da redução dependerá do relacionamento do Banco com o cliente.
Caixa Econômica Federal– A taxa média de juros do consignado passa a ser de 1,55%, com uma queda de 0,06% em relação à taxa anterior.
– Para as micro e pequenas empresas, a Caixa oferece capital de giro a partir de 0,99% ao mês, com uma redução de 0,22 ponto percentual em comparação à taxa anterior. Além disso, o prazo para pagamento dessa linha foi estendido.
– Já para as médias e grandes empresas, houve reduções nas linhas de capital de giro Crédito Especial Empresa. Essa linha passará a operar com taxa média CDI + 0,25% ao mês – uma redução de 10% em relação à taxa anterior CDI + 0,28%.

Com informações de https://www.cnnbrasil.com.br/economia/bb-e-caixa-anunciam-reducao-de-juros-apos-corte-na-selic-confira-o-que-muda/

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog