/

Governo brasileiro repudia ataques racistas contra Vini Jr.

ataques racistas a jogador

Nesta segunda-feira, 22 de maio de 2023, o governo brasileiro emitiu uma nota conjunta dos ministérios de Relações Exteriores, Igualdade Racial, Esporte e Direitos Humanos e Cidadania, repudiando veementemente os ataques racistas sofridos pelo jogador brasileiro Vinicius Jr., do Real Madrid, em jogos da liga espanhola.

A nota pede que as autoridades governamentais e esportivas da Espanha tomem medidas para punir os responsáveis pelos atos racistas e prevenir que eles se repitam. FIFA, Federação Espanhola de Futebol e LaLiga também foram citadas nominalmente pelo governo brasileiro na nota.

No domingo, torcedores do Valencia proferiram comentários racistas contra Vinicius Jr., chamando-o de macaco durante a partida. Em resposta aos ataques, o jogador declarou publicamente que irá lutar contra os racistas até o fim.

Leia também:  Ministério da Saúde abre consulta pública para vacina da dengue no SUS

A ministra de Igualdade Racial, Anielle Franco, classificou os episódios como algo que precisa ser combatido na raiz. É importante lembrar que em maio de 2022 Brasil e Espanha assinaram um acordo bilateral para o combate ao racismo e à xenofobia.

Governo brasileiro cobra medidas efetivas contra a discriminação

O presidente Lula manifestou solidariedade ao jogador e cobrou providências por parte das autoridades do futebol espanhol. “É importante que a Fifa e a LaLiga tomem medidas sérias contra o fascismo e o racismo nos estádios”, disse ele. As entidades esportivas e clubes têm sido criticados pela falta de ação contra a discriminação no futebol.

O Itamaraty ainda vai chamar a embaixadora da Espanha no Brasil para explicações após o ocorrido. Vale lembrar que o governo brasileiro tem atuado em cooperação com o governo da Espanha para promover políticas de igualdade racial, compartilhar conhecimento e boas práticas para ampliar o acesso de pessoas afrodescendentes e imigrantes ao esporte, além de qualquer tipo de discriminação nas diferentes modalidades. A intolerância a qualquer prática discriminatória é uma prioridade do governo na promoção do esporte.

Leia também:  Inscrições abertas para Certificadores do Enem 2023: Saiba como fazer parte da equipe

Os ataques racistas sofridos por Vinicius Jr. são mais um exemplo da necessidade urgente de medidas efetivas contra o racismo no futebol e em toda a sociedade. O governo brasileiro espera que as autoridades espanholas e as entidades esportivas tomem providências concretas para combater a discriminação racial no esporte.

Com informações de https://g1.globo.com/politica/noticia/2023/05/22/governo-repudia-ataques-racistas-a-vini-jr-e-pede-providencias-as-autoridades-da-espanha-e-a-fifa.ghtml

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog