Descrição da imagem
/

Municípios devem informar dados de serviços de atividade física na atenção primária para garantir custeio

serviços de atividade fisica

A Secretaria da Saúde (Sesapi) está orientando os municípios sobre as diretrizes para o envio de informações relacionadas às atividades físicas na atenção primária à saúde. Essas informações são necessárias para que os municípios possam receber o incentivo financeiro federal destinado ao custeio dessas atividades.

Através da Gerência de Atenção Primária à Saúde, a Sesapi está chamando a atenção dos municípios sobre os prazos para o envio das fichas de atividade coletiva (FAC) através do sistema eGestor/Sistema de Informação em Saúde da Atenção Básica (Sisab). O objetivo é implementar ações na área da saúde primária que envolvam atividades físicas, visando melhorar o cuidado com pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis.

Leia também:  Sead entrega registro de imóveis em Teresina

Para receber o incentivo financeiro, é necessário que os municípios enviem dados referentes às práticas corporais e atividades físicas registradas no Sisab. É importante também considerar quais estabelecimentos estão credenciados e elegíveis para receber o incentivo financeiro. Após os primeiros seis meses, será solicitado o registro quantitativo das ações realizadas por cada tipo de estabelecimento no Sisab.

A coordenadora de gestão da Atenção Primária à Saúde da Sesapi, Rosane Santana, destaca a importância dessas ações físicas na atenção primária à saúde. Ela ressalta que essas atividades contribuem para resolver os problemas de saúde da população, sendo consideradas um fator importante para a proteção à saúde e prevenção de doenças crônicas não transmissíveis.

Leia também:  Seduc divulga gabarito preliminar para seleção ITA/IME

Os gestores municipais e distritais precisam seguir as orientações, critérios e prazos estabelecidos para garantir a manutenção mensal dos recursos destinados ao custeio das atividades físicas. O não cumprimento dessas regras pode levar à suspensão do recurso até que a regularização seja feita nos sistemas de informação do Ministério da Saúde.

Para consultar as transferências financeiras referentes ao incentivo financeiro, os gestores municipais e distritais podem acessar o site do e-Gestor Atenção Básica e verificar os Relatórios Públicos – Financiamento APS – Ações estratégicas. Assim, eles podem acompanhar a destinação desse incentivo financeiro fundamental para o cuidado com a saúde da população.

Orientações geraisPrazos para envio das FACIncentivo Financeiro de Atividade Física (IAF)
A Secretaria da Saúde (Sesapi), através da Gerência de Atenção Primária à Saúde, está chamando a atenção dos municípios sobre as orientações gerais relacionadas à promoção de atividades físicas e aos prazos para o envio das fichas de atividade coletiva (FAC) através do sistema eGestor/Sistema de Informação em Saúde da Atenção Básica (Sisab).É necessário enviar dados referentes às práticas corporais e atividades físicas registradas no Sisab durante os primeiros seis meses após a publicação da portaria de credenciamento pelo Ministério da Saúde. A partir do sétimo mês, será solicitado o registro quantitativo das ações realizadas por cada tipo de estabelecimento no Sisab.O objetivo desse Incentivo Financeiro de Atividade Física (IAF) é implementar ações na área da saúde primária que envolvam atividades físicas, visando melhorar o cuidado com pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ao incluírem práticas de atividades físicas em suas rotinas.
Importância das ações físicasOrientações para gestores municipais e distritaisAcesso aos recursos
A coordenadora de gestão da Atenção Primária à Saúde da Sesapi, Rosane Santana, destaca a importância da promoção e fortalecimento dessas ações físicas na atenção primária à saúde. Ela ressalta que isso contribui para resolver os problemas de saúde da população, sendo considerada um fator importante para a proteção à saúde, além de auxiliar no diagnóstico, tratamento, recuperação e prevenção de doenças crônicas não transmissíveis.A coordenadora também alerta os gestores municipais e distritais sobre a necessidade de seguir as orientações, critérios e prazos estabelecidos para garantir a manutenção mensal dos recursos destinados ao custeio do IAF. O não cumprimento dessas regras pode levar à suspensão do recurso até que a regularização seja feita nos sistemas de informação do Ministério da Saúde.Os gestores municipais e distritais podem acessar o site do e-Gestor Atenção Básica para consultar as transferências financeiras referentes ao incentivo financeiro através dos Relatórios Públicos – Financiamento APS – Ações estratégicas. Desta forma, eles podem acompanhar a destinação desse incentivo financeiro tão importante para o cuidado com a saúde da população.

Com informações de https://www.pi.gov.br/noticia/municipios-devem-informar-dados-de-servicos-de-atividade-fisica-na-atencao-primaria-para-garantir-custeio

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog