/

Piauí lidera atenção básica no SUS com cobertura de 99,9%

cobertura sus

O Piauí se destacou em 2021, apresentando o maior índice de cobertura da Atenção Básica do SUS em todo o país. Segundo os dados divulgados pelo Instituto de Estudos para Políticas em Saúde (IEPS), o estado alcançou um surpreendente índice de 99,9% de cobertura. Paraíba (97,5%) e Tocantins (96,6%) também se destacaram como os três melhores desempenhos.

No outro extremo, os estados da região Sudeste figuram entre os piores colocados nesse ranking. No Rio de Janeiro, por exemplo, apenas 57,2% da população tem acesso às equipes da Estratégia Saúde da Família e atenção básica, sendo essa a menor taxa em todo o país. Já o Distrito Federal (63,3%) e São Paulo (63,4%) completam a sequência dos três estados com pior cobertura.

A atenção básica é a porta de entrada na saúde pública e esse índice reflete a organização das redes municipais para atender à população. Segundo o secretário de saúde, Antonio Luiz, essa conquista demonstra como nossos municípios possuem uma rede eficiente para cuidar da população.

Leia também:  Brasil dá adeus prematuro à Copa Feminina após 28 anos invictos na fase de grupos

De acordo com a pesquisa do IEPS, a cobertura da atenção básica é calculada levando em consideração o percentual da população residente que é assistido pelas equipes da Estratégia Saúde da Família e por equipes equivalentes de Atenção Básica.

Piauí lidera informatização das Unidades Básicas de Saúde

Recentemente, o Piauí também se destacou na atenção primária ao alcançar um impressionante índice de 97% de Unidades Básicas de Saúde (UBS) informatizadas e conectadas ao sistema e-SUS. Com 1.086 UBS informatizadas das 1.116 existentes em todo o estado, o Piauí lidera esse indicador em nível nacional. Apenas 30 unidades de saúde ainda não aderiram à era digital, segundo dados do Ministério da Saúde.

A plataforma e-SUS Atenção Primária (e-SUS APS) é uma estratégia para reestruturar as informações da Atenção Primária em todo o país. Além disso, as UBS informatizadas utilizam o Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC), que armazena todas as informações clínicas e administrativas dos pacientes.

Leia também:  Presidente Lula homologa terras indígenas na Bahia e Mato Grosso: decisão cautelosa e estratégica

Esses avanços na saúde refletem a reestruturação dos Sistemas de Informação em Saúde em busca de uma gestão mais qualificada das informações. Segundo Leila Santos, superintendente de atenção aos municípios da Sesapi, a melhoria na gestão da informação é essencial para ampliar a qualidade no atendimento à população.

Investimentos e políticas públicas são necessários para melhorar cobertura da Atenção Básica do SUS

Com essa análise dos melhores e piores desempenhos na cobertura da Atenção Básica do SUS, fica evidente a importância de investimentos e políticas públicas direcionados para garantir um acesso adequado e eficiente aos serviços básicos de saúde em todo o país.

EstadoÍndice de Cobertura da Atenção Básica do SUS
Piauí99,9%
Paraíba97,5%
Tocantins96,6%
Rio de Janeiro57,2%
Distrito Federal63,3%
São Paulo63,4%

Com informações de https://www.pi.gov.br/noticia/piaui-tem-a-melhor-cobertura-do-brasil-na-atencao-basica-no-sus-indice-e-de-999percent

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.