/

Bolsa Família de junho alcança maior valor da história; confira os novos benefícios

Bolsa Família de Junho
Senado Federal, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

No próximo dia 19 de junho, segunda-feira, começa o pagamento do Bolsa Família com o maior valor médio da história do programa de transferência de renda: R$ 705,40. O investimento total do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome será de R$ 14,97 bilhões e contemplará 21,2 milhões de famílias até o dia 30 de junho.

O pagamento será realizado pela Caixa Econômica Federal obedecendo à ordem do número final do NIS. A partir deste mês, será depositado um adicional de R$ 50 para crianças de sete a 11 anos, adolescentes de 12 a 18 anos e para gestantes e lactantes. Tais acréscimos garantem que quase 10 milhões de famílias brasileiras receberão mais recursos em comparação ao que receberam no mês anterior.

Categorias do Bolsa Família

Os benefícios do Bolsa Família são distribuídos entre quatro categorias:

  • Benefício de Renda de Cidadania – pago para todos os integrantes da família;
  • Benefício Complementar – pago às famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família caso o Benefício de Renda de Cidadania não seja suficiente para alcançar o valor mínimo de R$ 600 por família;
  • Benefício Primeira Infância – destinado a crianças com idade entre 0 (zero) e seis anos;
  • Benefício Variável Familiar – pago às famílias que tenham em sua composição gestantes e/ou crianças e adolescentes.
Leia também:  PIB do Brasil Cresce 0,9% no 2º Trimestre de 2023, Impulsionado pelos Serviços

Critérios para receber o Bolsa Família

Para receber o Bolsa Família, as famílias precisam se enquadrar em alguns critérios, como, por exemplo, ter renda per capita de R$ 218 por mês. As quantias também variam conforme a quantidade de familiares e idade dos mesmos. É preciso estar inscrito no Cadastro Único para ter acesso aos benefícios. Todo mês o programa identifica de forma automática as famílias que serão incluídas e começarão a receber o benefício.

Canais de atendimento

O Ministério do Desenvolvimento Social oferece diversos canais de atendimento para os beneficiários do Bolsa Família. São eles:

  • Telefone 121, funcionando de segunda-feira a sexta-feira das 7h às 19h;
  • Atendimento eletrônico disponível todos os dias da semana 24 horas;
  • Fale conosco do site www.mds.gov.br é possível encontrar link para registrar sua demanda pelo formulário eletrônico;
  • Telefone 111 para informações sobre o cartão e saque do benefício;
  • Aplicativo Bolsa Família, onde o responsável familiar pode consultar informações sobre seu benefício.
Leia também:  Lula sanciona Lei Orçamentária 2024 com vetos na saúde e assistência social

O Bolsa Família é um importante programa social que tem ajudado milhões de famílias em todo o país a superar a pobreza e a exclusão social. Com o aumento dos valores e a inclusão de novos benefícios, o programa se torna ainda mais relevante para garantir o acesso à renda e à cidadania para as famílias mais vulneráveis do Brasil.

Bolsa FamíliaDados Importantes
Valor médio do benefícioR$ 705,40
Famílias contempladas neste mês21,2 milhões
Investimento do MinistérioR$ 14,97 bilhões
Adicional para crianças e gestantesR$ 50
Categorias de benefíciosRenda de Cidadania, Complementar, Primeira Infância e Variável Familiar
Requisitos para receber o benefícioRenda per capta de R$ 218 por mês e estar inscrito no Cadastro Único
Canais de atendimentoTelefone 121, atendimento eletrônico, fale conosco do site www.mds.gov.br, telefone 111 e aplicativo Bolsa Família

Com informações de https://valorinveste.globo.com/mercados/brasil-e-politica/programas-sociais/noticia/2023/06/19/calendario-do-bolsa-familia-2023-junho-novas-regras-qual-o-valor.ghtml

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog