Descrição da imagem
/

Brasil e Emirados Árabes Unidos assinam memorando sobre mudanças climáticas

Memorando de mudanças climáticas

Neste sábado (15/4), os presidentes do Brasil e dos Emirados Árabes Unidos se reuniram para discutir pontos sobre a relação bilateral entre os países. Durante o encontro, ambos líderes se mostraram comprometidos com a busca por soluções que combatam as mudanças climáticas que afetam o mundo.

O presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva visitou o país do Oriente Médio a convite do líder emirático Xeique Mohammed bin Zayed Al Nahyan, onde assinaram um memorando de entendimento específico visando fortalecer a implementação da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC, sigla em inglês) e seu Acordo de Paris.

A UNFCCC visa à estabilização da concentração de gases de efeito estufa na atmosfera para prevenir os danos causados ​​ao clima. O Acordo de Paris, assinado globalmente em 2015, estabelece metas para reduzir as emissões desses gases pelos países signatários. É importante lembrar que o presidente Lula tem reiterado a importância da preservação ambiental em todos os países do mundo, independentemente do grau de desenvolvimento.

Leia também:  Governo sanciona lei que oferece até 95% de desconto em dívidas fiscais estaduais

Os diálogos realizados nos EAU e na China destacaram a transição energética como prioridade na agenda política.

Compromisso com o meio ambiente

É interessante observar que os EAU sediarão a COP 28 – Conferência das Partes, criada pela UNFCCC – que será realizada no final de novembro até meados de dezembro em 2023. O evento é considerado vital para avaliar o balanço global da implementação do Acordo de Paris e a segunda rodada individual das contribuições dos países no combate às mudanças climáticas. O Brasil é candidato para sediar a COP 30, em Belém (PA), em 2025.

No encontro, ambos os países manifestaram apoio mútuo nas respectivas presidências da COP 28 e COP 30. Os líderes expressaram seu compromisso com uma ação multilateral da UNFCCC para permitir que as correções de curso na ação climática sejam possíveis.

Leia também:  Câmara aprova projeto de lei para indústria de Games no Brasil

Essa iniciativa mostra o comprometimento de ambas as nações com o meio ambiente e pode contribuir para conscientizar outros países sobre a preservação inquestionável da natureza. É necessário enfatizar que essa atenção aos problemas ambientais deve estar presente em todos os níveis de governo, a fim de garantir um planeta livre das ameaças emergentes.

Notícia
DataSábado, 15/4
Países envolvidosBrasil e Emirados Árabes Unidos
Assunto principalRelação bilateral e combate às mudanças climáticas
Acordo assinadoMemorando de entendimento para fortalecer a implementação da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) e seu Acordo de Paris
DestaqueTransição energética como prioridade na agenda política
COPsEAU sediará a COP 28 e Brasil é candidato para sediar a COP 30
CompromissoApoio mútuo nas respectivas presidências da COP 28 e COP 30 e compromisso com ação multilateral da UNFCCC

Com informações de https://www.gov.br/planalto/pt-br/acompanhe-o-planalto/noticias/2023/04/brasil-e-emirados-arabes-unidos-assinam-memorando-sobre-mudancas-climaticas

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog