/

Brasil Enfrenta Onda de Calor com Recordes de Temperatura em Pleno Inverno

Onda de calor

O Brasil está enfrentando uma onda de calor excepcional, com temperaturas surpreendentemente altas para o inverno. Os meteorologistas afirmam que essa situação, prevista para durar até sábado (26), tem o potencial de bater recordes de temperatura em várias regiões do país. Normalmente, esse tipo de calor intenso é mais comum nos meses de setembro e outubro.

A partir desta terça-feira (22), uma grande massa de ar quente e seco cobre grande parte do território brasileiro, provocando a elevação dos termômetros simultaneamente em vários estados. Essa situação já é observada desde o início do mês, quando alguns locais registraram picos de calor. Em Cuiabá, por exemplo, no dia 10, os termômetros chegaram a marcar 40,4°C, estabelecendo um novo recorde nacional para este ano.

As regiões mais afetadas pelo aumento das temperaturas são o Sudeste e o Centro-Oeste, onde são esperadas máximas próximas ou acima dos 40°C. Em São Paulo, as temperaturas máximas devem oscilar entre 32°C e 34°C nos próximos dias. Já no Rio Grande do Sul, várias cidades podem atingir máximas entre 32°C e 34°C. No Rio de Janeiro, a previsão é que as máximas alcancem entre 36°C e 39°C nas cidades costeiras.

Leia também:  Câmara aprova MP que pode aumentar arrecadação do governo em até R$ 35 bilhões

A previsão também indica altas temperaturas em outros estados brasileiros como Minas Gerais, Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul e muitos outros.

Essa onda de calor extrema é resultante da atuação de uma corrente de jatos de ar quente que se deslocam do norte para o sul do país. Diferentemente do padrão habitual que se origina da Bolívia ou do Centro-Oeste, dessa vez a corrente vem do leste da região dos Andes, no Chile. Esse fenômeno ocorre antes de frentes frias e ciclones.

É importante ressaltar que apesar desse calorão, uma frente fria está avançando em direção ao sul e leste do Rio Grande do Sul trazendo chuvas e risco de tempestades. Os estados do Sul vão experimentar também uma acentuada queda nas temperaturas no final dessa semana com a chegada de uma massa de ar frio polar.

Leia também:  Governo cria programa Pé-de-Meia: bolsa de até R$ 9,2 mil para concluir o ensino médio

Quanto à previsão de precipitações, os acumulados mais significativos são esperados no noroeste do país e em áreas específicas do leste do Sudeste. No restante do Brasil, especialmente nas áreas centrais e interior do Nordeste, é esperado predomínio de altas temperaturas e tempo seco durante toda a semana.

Em suma, o Brasil está vivenciando um episódio extraordinário: altas temperaturas recordes em pleno inverno. É fundamental tomar as devidas precauções diante dessas condições climáticas extremas para proteger a saúde e o bem-estar das pessoas.

NotíciaResumo
Relatório Climático: Onda de Calor Extrema no Brasil em Pleno Inverno– O Brasil está enfrentando uma onda de calor excepcional, com temperaturas surpreendentemente altas para o inverno.
– Meteorologistas afirmam que essa situação tem o potencial de bater recordes de temperatura em várias regiões do país.
– A onda de calor é resultado da atuação de uma corrente de jatos de ar quente que se deslocam do norte para o sul do país.
– Regiões mais afetadas são Sudeste e Centro-Oeste, com máximas próximas ou acima dos 40°C.
– Frente fria está avançando em direção ao sul e leste do Rio Grande do Sul trazendo chuvas e risco de tempestades.
– No restante do Brasil, especialmente nas áreas centrais e interior do Nordeste, é esperado predomínio de altas temperaturas e tempo seco durante toda a semana.

Com informações de https://g1.globo.com/meio-ambiente/noticia/2023/08/22/brasil-enfrenta-onda-de-calor-e-pode-ter-recordes-de-temperatura-em-pleno-inverno-previsao-vai-ate-40c.ghtml

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog