/

Piauiense Brilha e Garante Vaga em Nobel Jovem de Ciência na Suécia!

nobel jovem
Foto: ASCOM/PI

Manoel Nunes, estudante do ensino médio de Teresina, Piauí, será o representante do Brasil na final mundial do Prêmio Jovem da Água de Estocolmo, após vencer a competição nacional em Brasília. Seu projeto, um Rover Aquático, capturou a atenção por sua capacidade de coletar e analisar dados sobre a qualidade da água de forma autônoma. O evento que consagrou Manoel ocorreu durante a Campus Party Weekend Piauí, e o jovem agora se prepara para a grande final que acontecerá em agosto deste ano na capital sueca.

O aparelho inovador de Manoel Nunes, desenvolvido com o intuito de contribuir para a sustentabilidade ambiental, foi o grande destaque da competição brasileira que seleciona jovens talentos para o prestigiado torneio internacional. Considerado o “Nobel da Ciência Jovem”, o prêmio incentiva projetos escolares voltados ao meio ambiente e à superação dos desafios hídricos. A conquista do estudante piauiense reflete não apenas seu talento individual, mas também o potencial do Brasil em gerar soluções inovadoras para questões ambientais globais.

Leia também:  Piauí: afogamentos aumentam e corpo de bombeiros alerta banhistas

O Rover Aquático chamou a atenção por sua funcionalidade e custo-benefício. Equipado para operar tanto com bateria quanto com energia solar, o dispositivo oferece uma alternativa mais acessível às análises tradicionais realizadas por equipes humanas. Além disso, possui uma durabilidade operacional significativa, representando um avanço tecnológico importante no monitoramento da qualidade da água.

Incentivo à Inovação e Reconhecimento Internacional

O apoio recebido por Manoel não se restringiu ao âmbito acadêmico. O gestor estadual Rafael Fonteles expressou admiração pelo projeto durante a Campus Party Weekend Piauí, evento que fomenta a inovação tecnológica e criatividade em negócios. Fonteles destacou a importância da robótica na trajetória do jovem e associou seu sucesso à promessa de um futuro brilhante para o estado através da educação qualitativa.

O Prêmio Jovem da Água de Estocolmo foi criado em 1997 pelo Stockholm International Water Institute (SIWI) e tem como objetivo estimular jovens entre 15 e 20 anos a desenvolverem projetos escolares focados em soluções para problemas relacionados à água. Com o Brasil participando desde 2017, a etapa nacional deste ano contou com cinco propostas concorrendo ao primeiro lugar.

Leia também:  Rompimento da Barragem de Mariana: Repactuação do Acordo de Reparação Prevista para Dezembro

Na final mundial em Estocolmo, os participantes internacionais disputarão três diferentes reconhecimentos: o Prêmio Jovem principal, um Diploma de Excelência e uma votação popular. Além disso, os vencedores receberão bolsas de estudo em escolas internacionais parceiras do prêmio, fortalecendo ainda mais a importância do evento para a comunidade científica jovem global.

Evento Detalhes Impacto
Prêmio Jovem da Água de Estocolmo – Vitória Nacional Manoel Nunes vence com Rover Aquático Final mundial em Estocolmo, agosto
Reconhecimento Gestor estadual Rafael Fonteles elogia projeto Promessa de futuro brilhante para o estado
Inovação do Projeto Rover Aquático autônomo e econômico Avanço em análises de qualidade aquática
Competição Internacional Brasil participa desde 2017 Prêmio principal, Diploma de Excelência, votação popular

Com informações do site Governo do Piauí.

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog