/

Vacinação contra Covid será anual para crianças e grupos prioritários

vacinação covid

A partir de 2024, está prevista a inclusão da vacina contra a Covid-19 no Calendário Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde. Essa recomendação visa privilegiar crianças e grupos prioritários, visando à imunização anual.

Os grupos priorizados incluem idosos, pessoas com imunodeficiência, gestantes, puérperas, profissionais da área da saúde, indivíduos com doenças crônicas, comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas, população institucionalizada e seus cuidadores, pessoas com deficiência permanente, detentos maiores de 18 anos e adolescentes cumprindo medidas socioeducativas. Além disso, estão inclusos os funcionários do sistema prisional e pessoas em situação de rua.

Essa medida foi anunciada pela secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente, Ethel Maciel, na manhã de terça-feira (31), em consonância com as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS). A inclusão dessa vacina no calendário nacional seguiu a avaliação realizada pela Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19 (CTAI), assim como ocorre com outras campanhas.

Leia também:  Programa Regularizar: Relançamento com Entrega de Registro de Imóveis no Piauí

Outra novidade apresentada é a possibilidade de uma vacina atualizada para se adaptar às cepas que estarão circulando no ano. Isso demonstra a importância do monitoramento constante e atenção por parte do Ministério da Saúde em relação à Covid-19.

Brasil registra média de 42 mortes diárias causadas pela Covid-19

No comparativo entre os anos de 2023 e 2022, é alarmante constatar que o Brasil registrou uma média de 42 mortes diárias causadas pelo vírus. Essa informação traz à tona a necessidade de permanecer vigilante diante dessa doença. Ethel Maciel ressalta que o Ministério da Saúde está empenhado em garantir o controle efetivo da Covid-19 no país.

De acordo com as orientações do Ministério, para o ano de 2023, os indivíduos maiores de 18 anos que já receberam pelo menos duas doses da vacina devem tomar a dose de reforço bivalente. Aqueles que ainda não completaram o esquema vacinal ou estão com alguma dose de reforço atrasada têm a oportunidade de atualizar sua caderneta nas unidades de saúde.

Leia também:  Projeto Piauí Conectado: Transformando o Estado com Conectividade Inovadora

Essas medidas têm como objetivo maior proteger a população contra os efeitos prejudiciais do vírus e controlar a propagação da Covid-19 no país. O governo está empenhado em garantir o acesso igualitário à vacinação e diminuir significativamente os índices de mortalidade causados pela doença, com foco especial nos grupos considerados prioritários.

Notícia
A partir de 2024, a vacina contra a Covid-19 será incluída no Calendário Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde.
Grupos prioritários: crianças, idosos, gestantes, profissionais da saúde, pessoas com doenças crônicas, comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas, população institucionalizada, pessoas com deficiência permanente, detentos maiores de 18 anos, adolescentes cumprindo medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas em situação de rua.
Anunciado pela secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente, Ethel Maciel, em consonância com as diretrizes da OMS.
Possibilidade de vacina atualizada para se adaptar às cepas circulantes.
Brasil registrou média de 42 mortes diárias por Covid-19 em 2022.
Ministério da Saúde empenhado em garantir controle efetivo da Covid-19.
Para 2023, dose de reforço bivalente para maiores de 18 anos que já receberam pelo menos duas doses da vacina.
Oportunidade de atualizar caderneta vacinal nas unidades de saúde.
Medidas visam proteger a população e controlar a propagação da Covid-19, com foco nos grupos prioritários.

Com informações de https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2023/10/vacinacao-contra-covid-passa-a-ser-anual-para-criancas-e-grupos-prioritarios.shtml

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog