/

A Triste Condição de Bonifácio

Ilustração de um homem de meia idade branco, com bigode, sem barba, de óculos escuros e levemente cabisbaixo.

-Quero um par de óculos. 

Disse Bonifácio para a moça da loja.

-Temos esse modelo novo, com ergonomia especial, design italiano, feito de fibra de carbono e tecnologia antiestática.

Ela respondeu. 

Sem dar muita bola, Bonifácio correu os olhos pelas prateleiras, coçou a orelha imaginando o que seria tecnologia antiestática… e perguntou, apontando para os óculos mais feios da loja:

-Quanto é esse?

Após um sorriso de vendedora, largo, breve e medonho, a moça respondeu. 

-49.

Bonifácio reagiu:

-49? Por que não bota logo 50? 

Ele não deixou que ela pensasse na resposta e emendou outra pergunta:

-E quanto é aquele de tratamento antiestético?

-Antiestática, senhor. 

Disse a moça com uma educação suspeita. 

Leia também:  Vídeo: "Isso Aqui Vai Virar Uma Venezuela"

-E o que é isso mesmo?

Ele questionou. E de novo coçava a orelha. 

A moça chegou bem perto, curvou-se e falou baixinho, com medo de ser ouvida pelo chefe: 

-Hoje é meu primeiro dia. Estou fazendo um teste. Não sei a resposta para a sua pergunta, mas preciso do emprego. 

O chefe, disposto e com cara de quem deve mais do que deveria dever, aproximou-se e perguntou se estava tudo bem. 

Bonifácio sorriu, enfiou os óculos italianos na cara e disse:

-Estou impressionado! Esses óculos com essa tecnologia antiestrábica são coisa de outro mundo! Quero comprar! A moça aqui me ajudou muito!

O patrão foi com ele até o caixa, sorridente, e disse o preço como quem falasse do tempo. 

Leia também:  Ministério Público pede inelegibilidade de Bolsonaro

Bonifácio caiu para trás, desfalecido. 

Acordou com tapinhas no rosto e viu a moça segurando um copo d’água para ele. 

-Tudo bem? 

Perguntaram. 

-Tudo, sim. 

Disse ele, apoiando-se num banco para ficar de pé.

-É que eu tenho uma condição que me faz desmaiar. 

 Continuou, quase timidamente. 

-E como se chama essa condição?

Questionou o chefe, com olhar preocupado. 

Bonifácio levantou a cabeça, olhou de lado e disse, com todo o pesar que tinha nos olhos:

-Falta de dinheiro. 

Dário Castro

Escritor, Jornalista e Mestre em Estudos Culturais.
Contato: [email protected]

2 Comments

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog