Descrição da imagem
/

Ex-piloto Nelson Piquet Condenado por Racismo e Homofobia.

Ex-piloto Nelson Piquet Condenado por Racismo e Homofobia.

A 20ª Vara Cível de Brasília condenou, em primeira instância, o ex-piloto de Fórmula 1 Nelson Piquet por racismo e homofobia. As entidades Aliança Nacional LGBTI, Associação Brasileira de Famílias Homotransafetivas, Centro Santo Dias de Direitos Humanos da Arquidiocese de SP e Francisco de Assis: Educação, cidadania e direitos humanos impetraram a ação contra Nelson Piquet, que é conhecido defensor do ex-presidente Jair Bolsonaro.

A decisão determinou que o ex-piloto deve pagar uma indenização de R$ 5 milhões.

O comentário considerado ofensivo foi feito por Nelson Piquet em uma entrevista no Canal Enerto – YouTube onde ele classificou o piloto britânico Lewis Hamilton como “neguinho”. Segundo Piquet, Hamilton foi responsável pelo acidente com o holandês Max Verstappen na competição de 2021. Na ocasião, ele ainda comparou o episódio com a disputa entre Ayrton Senna e Nelson Piquet no ano de 1990.

Leia também:  O Supremo Tribunal Federal inicia julgamento dos primeiros réus envolvidos nos atos golpistas

O juiz Pedro Matos de Arruda determinou que a função punitiva da decisão deve ser valorizada tanto quanto a reparatória. Desta forma, espera-se que atos discriminatórios como este sejam duramente punidos pela justiça brasileira e que a sociedade possa se livrar desse mal.

A advogada Amanda Souto Baliza, que defendeu as entidades responsáveis pela impetrado neste processo, afirmou que “a intolerância não deve prosperar” e que a decisão é importante para garantir a responsabilização de quem pratica essas condutas infelizes e reprováveis.

Por sua vez, o advogado Marlon Reis, representante da Centro Santo Dias de Direitos Humanos da Arquidiocese de SP e Francisco de Assis: Educação, cidadania e direitos humanos, celebrou a decisão como uma grande vitória. Ele destacou que as declarações ofensivas proferidas por Nelson Piquet afetaram não somente Lewis Hamilton, mas toda a coletividade brasileira.

Leia também:  Iaspi Saúde amplia rede credenciada para telemedicina

Apesar de ainda caber recurso sobre a decisão proferida pela 20ª Vara Cível de Brasília, é importante salientar que atitudes preconceituosas e discriminatórias não são toleradas em um país democrático e livre como o Brasil.

Notícia:Ex-piloto Nelson Piquet é condenado por racismo e homofobia em primeira instância
Indenização:R$ 5 milhões
Entidades responsáveis pela ação:Aliança Nacional LGBTI, Associação Brasileira de Famílias Homotransafetivas, Centro Santo Dias de Direitos Humanos da Arquidiocese de SP e Francisco de Assis: Educação, cidadania e direitos humanos
Acusação:Nelson Piquet usou termo racista para se referir ao piloto britânico Lewis Hamilton
Comentário ofensivo:Piquet classificou Hamilton como “neguinho”
Função punitiva:Valorizada tanto quanto a reparatória
Advogada das entidades:“A intolerância não deve prosperar”
Representante das entidades:Celebrou a decisão como uma grande vitória

Com informações de https://congressoemfoco.uol.com.br/area/pais/nelson-piquet-e-condenado-a-pagar-r-5-milhoes-por-racismo-e-homofobia/

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog