Descrição da imagem
/

Hemopi registra recorde de doações no Dia Mundial do Doador

hemopi e recorde de doação de sangue

No último Dia Mundial do Doador Voluntário de Sangue, celebrado em junho, o Hemopi teve resultados extremamente positivos. Mais de 400 pessoas compareceram às unidades de coleta, e 346 delas foram efetivamente doadores. Rafael Alencar, diretor do Hemopi afirmou que ficou muito satisfeito com o resultado e parabenizou os colaboradores e parceiros que ajudaram a alcançar um número tão expressivo de doações.

A doação periódica de sangue é fundamental para manter os estoques abastecidos e ajudar no controle de sangramentos em procedimentos cirúrgicos, acidentes ou outras emergências médicas. Além disso, é usado no tratamento de doenças como o câncer.

Junho Vermelho busca conscientizar a população sobre a importância da constância nas doações. O superintendente de média e alta complexidade da Sesapi, Dirceu Campelo, reforça que a constância nas doações é crucial para atender à demanda diária que chega até o Hemopi. Segundo ele, os estoques de sangue são utilizados com frequência tanto em situações emergenciais quanto em tratamentos mais longos.

Leia também:  Brasil Registra Maior Alta na Renda do Trabalho desde o Plano Real em 2023

Comemorado desde 2015 no Brasil, o Junho Vermelho tem como objetivo incentivar a população a doar sangue constantemente. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, apenas 1,8% da população brasileira faz doações regulares, um número abaixo dos 2% ideais indicados pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e bem abaixo dos 5% registrados em países europeus. A iniciativa é reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e vem sendo adotada em diversos países ao redor do mundo. A constância na doação é fundamental para manter os estoques bem abastecidos e salvar vidas.

É importante lembrar que a doação de sangue é um ato voluntário e altruísta. Qualquer pessoa pode se tornar um doador e ajudar a salvar vidas, basta estar dentro dos requisitos estabelecidos pelo Hemopi. Em tempos de pandemia, o Hemopi adotou medidas preventivas para garantir a segurança tanto dos doadores quanto dos colaboradores durante o processo de doação.

Leia também:  Governo do Piauí investe R$ 5 milhões em capacitação de servidores públicos

Com informações de https://www.pi.gov.br/noticias/hemopi-registra-mais-de-340-doacoes-de-sangue-no-dia-mundial-do-doador/

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog