/

COVID-19: OMS declara fim da emergência de saúde da pandemia

OMS declara fim da emergência de saúde da pandemia

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou nesta sexta-feira que a Covid-19 não é mais considerada uma Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII). A decisão foi tomada devido à diminuição dos números de casos e mortes, além da ampla vacinação da população. Desde 2020, estima-se que mais de sete milhões de pessoas tenham morrido por Covid-19 em todo o mundo.

ESPII e Pandemia

A ESPII é um termo técnico que passa por diversos critérios antes de ser decretado. É extremamente importante para a coordenação dos esforços de saúde pública internacionais. Já o termo pandemia se refere à disseminação mundial de uma nova doença quando vários continentes têm uma transmissão sustentada do surto. O fim da Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional não altera o título de pandemia.

Leia também:  Seduc prepara mil estudantes para Enem e Saeb com revisões incríveis

O que isso significa?

Maria van Kerkhove, líder técnica da OMS, explica que mesmo com o fim da emergência, ainda podemos ter que lidar com a pandemia por um bom tempo. Isso porque é muito difícil definir quando um novo vírus se torna uma pandemia. Já a ideia de declarar uma ESPII é para coordenar uma ação imediata antes que esse evento se torne ainda maior e vire uma pandemia.

O Comitê de Emergência se reuniu nesta sexta-feira pela 15ª vez e recomendou ao diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, que declarasse o fim da emergência de saúde pública de importância internacional. Porém, isso não significa que a Covid-19 acabou como uma ameaça à saúde global.

Riscos das novas variantes

Tedros Adhanom alerta que o risco de novas variantes ainda persiste pelo mundo. A Covid-19 mudou o mundo e nos mudou também. Mais de três anos depois da declaração da emergência, o vírus causou cerca de 764 milhões de casos em todo o mundo, e cerca de cinco bilhões de pessoas receberam pelo menos uma dose da vacina, segundo as mais recentes estimativas globais.

Leia também:  Comitê Interministerial busca eliminar tuberculose até 2030

Em resumo, a decisão da OMS de retirar a Covid-19 da lista das Emergências de Saúde Pública se deve à queda nos casos e mortes aliada à ampla vacinação da população. A diferença entre ESPII e pandemia é importante para entendermos como esses eventos são declarados. O risco das novas variantes ainda persiste, mesmo com essa notícia positiva.

O que aconteceu?A OMS retirou a Covid-19 da lista de Emergências de Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII).
Por que?Houve queda nos números de casos e mortes, além da ampla vacinação da população.
O que é ESPII?É um termo técnico que passa por diversos critérios até ser decretado. É importante para a coordenação dos esforços de saúde pública internacionais.
E a pandemia?O fim da ESPII não altera o título de pandemia.
E as novas variantes?O risco ainda persiste pelo mundo.

Com informações de https://g1.globo.com/saude/noticia/2023/05/05/covid-nao-e-mais-uma-emergencia-sanitaria-de-importancia-internacional-diz-oms.ghtml

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog