/

Piauí Fomento adere ao Programa Nacional de Microcrédito para beneficiar microempreendedores

Piaui fomento
Foto: ASCOM/PI

A Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado do Piauí, conhecida como Piauí Fomento, recebe deferimento de cadastro e adesão ao Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO).

A Piauí Fomento, agência responsável pelo fomento ao desenvolvimento econômico no estado do Piauí, foi recentemente aceita no Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado. Essa iniciativa, coordenada pelo governo federal, tem como objetivo promover o desenvolvimento socioeconômico por meio da concessão de microcrédito para empreendedores de baixa renda e microempresários.

Essa adesão traz vantagens significativas para os micro e pequenos empreendedores do estado. Um dos principais benefícios é a isenção do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), o que reduz os custos e facilita o acesso ao microcrédito tanto para pessoas físicas quanto para microempreendedores individuais (MEIs).

Leia também:  Piauí Saúde Digital: 221 municípios aderem à revolução da telessaúde

Com essa medida, a Piauí Fomento busca fortalecer o acesso ao crédito e estimular os negócios dos empreendedores locais. A adesão ao Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado proporciona condições ainda mais flexíveis para impulsionar o empreendedorismo local e promover a inclusão financeira.

A disponibilização do microcrédito é especialmente importante para aqueles que têm dificuldades em obter crédito junto a instituições tradicionais. Por meio desse programa, a Piauí Fomento poderá oferecer microcrédito com juros reduzidos e condições mais flexíveis, adaptando-se às necessidades específicas dos empreendedores de pequeno porte.

A expectativa é que essa adesão ao Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado traga um impacto positivo para a economia do estado do Piauí. Ao disponibilizar microcrédito para os empreendedores locais, espera-se o fomento de novos negócios, a geração de empregos e o fortalecimento da economia regional.

Leia também:  Especialistas alertam: Guardas armados não resolvem violência nas escolas

Com essa importante conquista da Piauí Fomento, fica evidente o compromisso do estado em apoiar os microempreendedores locais e estimular o crescimento econômico. A adesão ao programa demonstra uma visão estratégica em impulsionar o empreendedorismo local e promover a inclusão financeira como forma de fortalecer a economia do estado.

NotíciaResumo
Agência de Fomento do Piauí adere ao Programa Nacional de Microcrédito Produtivo OrientadoA Piauí Fomento recebeu o deferimento de cadastro e adesão ao programa, trazendo vantagens para os empreendedores locais, como a isenção do IOF e condições flexíveis de microcrédito.
Benefícios para os empreendedoresA adesão ao programa reduz os custos dos empreendedores e facilita o acesso ao microcrédito, estimulando o empreendedorismo e promovendo a inclusão financeira.
Microcrédito para empreendedores de baixa rendaO programa oferece juros reduzidos e condições flexíveis de microcrédito, atendendo às necessidades específicas dos empreendedores de pequeno porte.
Impacto positivo na economia do PiauíEspera-se que a disponibilização de microcrédito estimule novos negócios, gere empregos e fortaleça a economia regional.
Compromisso do estado com o empreendedorismoA adesão ao programa demonstra o compromisso do estado em apoiar os microempreendedores locais e fortalecer a economia através do empreendedorismo e inclusão financeira.

Com informações de https://www.pi.gov.br/noticias/piaui-fomento-adere-ao-programa-nacional-de-microcredito-orientado/

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog