/

Submarino desaparece em expedição ao Titanic

submarino desaparecido

Um submarino chamado “Titan” desapareceu durante uma expedição aos destroços do Titanic na costa de St John’s, Newfoundland, no Canadá. A expedição iniciou com uma jornada de 740 quilômetros até o local do naufrágio e o submersível começou sua descida no domingo (18) de manhã. Infelizmente, horas após a descida, a tripulação do Polar Prince perdeu contato com o submersível.

A Guarda Costeira dos EUA foi alertada sobre o desaparecimento e lançou buscas na superfície da água e uma aeronave para iniciar as buscas aéreas e de radar. O submersível tem entre 70 e 96 horas de oxigênio restantes e as autoridades estimam que estão entre essas horas ainda disponíveis neste momento.

O submersível Titan pesa cerca de 10 toneladas e é feito de fibra de carbono e titânio. Possui suporte de vida por até 96 horas, segundo informações no site da OceanGate Expeditions. Cinco pessoas estavam a bordo do submersível desaparecido, incluindo o empresário Hamish Harding.

Leia também:  Cendfol amplia investimentos e aumenta vagas em comunidades terapêuticas

Os esforços de busca incorporam aeronaves, boias de sonar e “sonar no navio que está lá fora para ouvir qualquer som que possamos detectar na coluna d’água”, afirmou o contra-almirante John Mauger em entrevista coletiva. O Polar Prince também está ajudando na busca.

A Guarda Costeira afirmou que sua prioridade é localizar a embarcação e se as tripulações a encontrarem na água, planos de resgate serão formados. Em seguida, entrarão em contato com parceiros da indústria privada e as Forças Armadas do Canadá para avaliar qual “capacidade de resgate subaquático pode estar disponível”, disse Mauger.

A expedição de oito dias tem um alto custo, “a partir de US$ 250.000” (equivalentes a R$ 1,194 milhão), segundo informações no site da operadora. As autoridades estão notificando as famílias das pessoas a bordo do submersível desaparecido e os esforços continuam para localizá-lo e resgatar seus tripulantes. As baixas temperaturas e a profundidade do local em que se encontra o submersível apresentam grandes desafios para os esforços de busca e resgate.

Leia também:  Creatina: Descubra os benefícios e riscos desse suplemento!
Notícia
Operadora de turismo OceanGate Expeditions realiza expedição aos destroços do Titanic, na costa de St John’s, Newfoundland, no Canadá.
Submersível “Titan” com capacidade para cinco pessoas inicia descida no domingo (18) de manhã, mas horas depois perde contato com a tripulação do Polar Prince.
Autoridades da Guarda Costeira dos EUA lançam buscas na superfície da água e no ar, estimando que o submersível tem entre 70 e 96 horas de oxigênio restantes.
Cinco pessoas estavam a bordo do submersível desaparecido, incluindo o empresário Hamish Harding, e as autoridades estão notificando suas famílias.
A expedição de oito dias tem um alto custo, “a partir de US$ 250.000” (equivalentes a R$ 1,194 milhão), segundo informações no site da operadora.

Com informações de https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/o-que-se-sabe-sobre-titan-submarino-desaparecido-em-expedicao-ao-titanic/

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog