/

Transações por Doc serão encerradas no dia 15 de janeiro, diz Febraban

transações doc

As transferências por meio do Documento de Ordem de Crédito (Doc) serão desativadas no Brasil a partir do dia 15 de janeiro, de acordo com informações divulgadas pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Essa modalidade, que existe há quase 40 anos, deixará de ser oferecida pelos bancos. O fim do Doc já havia sido anunciado em maio do ano passado, mas as instituições financeiras receberam um prazo para se adequarem.

Até o dia 15, ainda será possível agendar transações por meio do Doc para liquidação até o dia 29 de fevereiro. Além disso, também será extinta a Transferência Especial de Crédito (Tec), utilizada pelas empresas para o pagamento de benefícios aos funcionários.

A Febraban aponta que o Pix, sistema de transferências e pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central (BC), foi o responsável pelo declínio na utilização dessas duas modalidades. O Pix tem sido preferido pelos clientes por ser gratuito, instantâneo e permitir transações com valores mais elevados.

Leia também:  100 denunciados por atos golpistas são tornados réus pelo STF

O Doc, criado em 1985 pelo BC, possibilita a transferência de recursos entre contas bancárias diferentes, mas com crédito efetivado apenas no dia útil seguinte à data da emissão. Diferentemente da Transferência Eletrônica Disponível (Ted), que não possui limite máximo, as transferências via Doc possuem um limite estabelecido em R$ 4.999,99. A Ted continuará em operação mesmo com o fim do Doc.

Os números demonstram uma queda significativa na utilização do Doc. No primeiro semestre de 2023, foram realizadas apenas 18,3 milhões de operações por meio dessa modalidade, representando apenas 0,05% do total de operações de pagamento registradas no Brasil. Em contrapartida, o Pix teve um volume expressivo com 17,6 bilhões de operações, seguido pelos cartões de crédito e débito com 8,4 bilhões e a Ted com 448 milhões.

Leia também:  Aumento de 44,3%: Hospital Getúlio Vargas bate recorde em cirurgias

Em novembro do ano passado, as transferências via Doc movimentaram R$ 1,522 bilhão, enquanto o Pix alcançou R$ 1,741 trilhão e a Ted registrou R$ 3,135 trilhões em movimentações.

Com a desativação do Doc, o sistema bancário busca modernizar e agilizar as transferências e pagamentos eletrônicos no país. O Pix se mostra uma opção cada vez mais vantajosa para os clientes devido à sua praticidade e rapidez nas transações.

Notícia
Informações divulgadas pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) revelam que as transferências por meio do Documento de Ordem de Crédito (Doc) serão desativadas no país a partir do dia 15 de janeiro.
Até o dia 15, ainda será possível agendar transações por meio do Doc para liquidação até o dia 29 de fevereiro. Além disso, também será extinta a Transferência Especial de Crédito (Tec), utilizada pelas empresas para o pagamento de benefícios aos funcionários.
O Pix, sistema de transferências e pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central (BC), foi o responsável pelo declínio na utilização dessas duas modalidades.
Criado em 1985 pelo BC, o Doc possibilita a transferência de recursos entre contas bancárias diferentes. No entanto, o crédito só é efetivado no dia útil seguinte à data da emissão.
Diferentemente da Transferência Eletrônica Disponível (Ted), que não possui limite máximo, as transferências via Doc possuem um limite estabelecido em R$ 4.999,99. A Ted continuará em operação mesmo com o fim do Doc.
Os números demonstram uma queda significativa na utilização do Doc. No primeiro semestre de 2023, foram realizadas apenas 18,3 milhões de operações por meio dessa modalidade, representando apenas 0,05% do total de operações de pagamento registradas no Brasil.
Em novembro do ano passado, as transferências via Doc movimentaram R$ 1,522 bilhão, enquanto o Pix alcançou R$ 1,741 trilhão e a Ted registrou R$ 3,135 trilhões em movimentações.
Com a desativação do Doc, o sistema bancário busca modernizar e agilizar as transferências e pagamentos eletrônicos no país. O Pix se mostra uma opção cada vez mais vantajosa para os clientes devido à sua praticidade e rapidez nas transações.

Com informações de https://www.metropoles.com/negocios/transacoes-por-doc-serao-encerradas-no-dia-15-de-janeiro-fiz-febraban

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog