Mais de 1,3 mi caíram na malha fina do IR 2023: veja os principais motivos

foto de pilha de moedas enroladas em cédulas

A Secretaria da Receita Federal divulgou hoje, 22 de setembro, que 1.366.778 contribuintes foram flagrados pela malha fina do Imposto de Renda 2023 com base no ano de referência de 2022. Essa constatação indica que as declarações apresentaram inconsistências nas informações declaradas pelos contribuintes.

No total, até o momento, foram entregues um total de 43.481.995 declarações.

Quais erros são mais frequentes e levam os contribuintes a caírem na malha fina?

Os principais motivos envolvem deduções na base de cálculo, sendo as despesas médicas o principal fator responsável por essas retenções (representando cerca de 42,3% dos motivos).

Em seguida temos a omissão de rendimentos sujeitos ao ajuste anual de titulares e dependentes declarados, com aproximadamente 27,6%.

Leia também:  Google Search ganha chatbot de IA para respostas instantâneas

Divergências nos valores do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) entre o informado na Declaração do Imposto Retido na Fonte (Dirf) e o declarado pelas pessoas físicas para a Receita Federal aparecem como terceiro motivo mais comum (10%).

Além disso, também temos deduções do imposto devido, recebimento de rendimentos acumulados e divergência entre os valores declarados de carnê-leão e imposto complementar e os valores efetivamente recolhidos, com uma taxa de 4,3%.

Consulte o último lote do Imposto de Renda 2023

A partir das 10h de hoje, os contribuintes poderão consultar o quinto e último lote do Imposto de Renda 2023. Essa consulta permite verificar se há alguma pendência em sua declaração que possa estar impedindo o pagamento da restituição ou se o contribuinte caiu na malha fina.

Leia também:  Hospital Infantil Lucídio Portella realiza 1ª cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea

Além disso, é possível acessar o extrato do Imposto de Renda no site da Receita Federal pelo chamado e-CAC (Centro Virtual de Atendimento). Para visualizar esse extrato, é necessário utilizar um código de acesso gerado na própria página da Receita Federal ou um certificado digital emitido por uma autoridade competente.

As restituições das declarações retidas na malha fina só serão liberadas após correções feitas pelo contribuinte ou mediante apresentação de comprovação de que a declaração está correta.

InformaçõesValores
Total de declarações entregues43.481.995
Total de contribuintes na malha fina1.366.778
Declarações com imposto a restituir954.814 (70%)
Declarações com imposto devido386.102 (28%)
Declarações sem saldo pendente25.962 (2%)
Motivos mais comuns para retenção na malha fina– Despesas médicas (42,3%)
– Omissão de rendimentos (27,6%)
– Divergências no IRRF (10%)
– Outros (20,1%)

Com informações de https://g1.globo.com/economia/imposto-de-renda/noticia/2023/09/22/ir-2023-mais-de-13-milhao-de-contribuintes-cairam-na-malha-fina-veja-principais-motivos.ghtml

Meu Piauí

A Meu Piauí é uma revista online que apresenta e valoriza nosso estado, nossa cultura e nossa gente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog