/

Posto de Coleta de Leite Materno do HEDA comemora 2 anos no Dia Mundial de Doação de Leite Materno

Foto: Divulgação

Inaugurado em 19 de maio de 2022, posto de coleta de leite do HEDA já beneficiou 416 bebês e cadastrou 528 doadoras

O dia 19 de maio é marcado pelo Dia Mundial de Doação de Leite Materno e o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba, sob gestão do Instituto Saúde e Cidadania (ISAC), tem um motivo a mais para celebrar. Em 2024, o Posto de Coleta de Leite Materno do hospital comemora dois anos de funcionamento.

A criação do posto de coleta foi uma resposta à crescente demanda por leite materno na unidade neonatal, pois é essencial para a recuperação e o desenvolvimento saudável dos recém-nascidos, especialmente aqueles em condições delicadas de saúde.

Para Wal França, diretora-geral do HEDA, os resultados alcançados devem ser comemorados e as mães doadoras, ovacionadas.

Estamos muito orgulhosos do trabalho realizado pelo nosso posto de coleta. Continuaremos a incentivar a doação de leite materno, pois sabemos o quanto isso faz a diferença na vida dos nossos pequenos pacientes, ressalta.

O leite materno fornece nutrientes vitais e fatores imunológicos cruciais para o desenvolvimento do sistema imunológico dos bebês, promovendo uma melhor evolução dentro das unidades neonatais.

E com a instalação do posto de coleta, o impacto positivo na saúde dos bebês nas unidades neonatais tem sido bastante significativo, garantindo que mais crianças tenham a oportunidade de crescer saudáveis e fortes.

Leia também:  Ex-piloto Nelson Piquet Condenado por Racismo e Homofobia.

Este é um passo importante na trajetória de cada hospital para ser reconhecido como um verdadeiro Amigo da Criança, comprometido com o bem-estar dos pequenos pacientes.

Selo Amigo da Criança

O HEDA se orgulha de possuir o selo Amigo da Criança, conferido pelo Ministério da Saúde por cumprir os dez passos para o sucesso do aleitamento materno, instituído pelo Fundo das Nações Unidas pela Infância (UNICEF) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O leite coletado no posto é encaminhado para o Banco de Leite Materno da Maternidade Dona Evangelina Rosa, em Teresina, onde passa por uma análise de qualidade e pelo processo de pasteurização. Em seguida, é enviado de volta ao HEDA para ser distribuído aos recém-nascidos nas unidades neonatais.

Nos dois anos de funcionamento, o serviço já beneficiou 416 bebês e cadastrou 528 doadoras, com uma média de 22 doadoras por mês. Este trabalho tem sido fundamental para salvar vidas e conscientizar a população de Parnaíba e região sobre a importância do leite materno para os bebês.

Posto de coleta precisa de doações

Atualmente, o posto de coleta necessita de doações de leite materno devido ao baixo estoque. E as futuras doadoras podem se cadastrar e contribuir para essa causa nobre.

Leia também:  ESALPI ofertou mais de 13 mil consultas em 2023

De acordo com Hellen Brito, enfermeira responsável pelo Posto de Coleta de Leite Materno, existem alguns critérios para as mulheres se tornarem doadoras.

“Primeiro, a mãe deve estar amamentando seu bebê, estar saudável, ter exames negativos para sífilis, HIV e hepatites, e não estar fazendo uso de medicações que interfiram na amamentação. Além disso, precisa ter o interesse em salvar vidas de bebês que nasceram prematuramente”, explica Hellen.

Interessadas em doar leite e ajudar a salvar a vida de vários bebês podem entrar em contato pelos números de WhatsApp: (86) 98851-2045 e (86) 99480-8385.

Sobre o HEDA

O Hospital Estadual Dirceu Arcoverde é custeado pelo Governo do Estado do Piauí e está sob gestão compartilhada do ISAC. Possui 278 leitos de internação e observação, oferece mais de 20 especialidades clínicas e cirúrgicas, e atende os casos de média e alta complexidade de urgência e emergência em seus três prontos-socorros: adulto, pediátrico e obstétrico. Em 2022, foi selecionado para participar do sexto ciclo do Projeto Lean nas Emergências e ficou entre os cinco hospitais do Brasil com o melhor desempenho.

Sane Araujo

Jornalista e pesquisadora, formada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Piauí.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog