//

Núcleo de Córneas do HEDA registra aumento de 150% nas doações em relação à 2023

Foto: divulgação

De janeiro a maio de 2024, um total de 20 doações foram realizadas pelo Núcleo de Córneas do HEDA, o que representa um aumento de 150% em comparação com o mesmo período do ano anterior

Parnaíba (PI), junho de 2024 – O Núcleo de Córneas do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), sob gestão do Instituto Saúde e Cidadania (ISAC), atingiu um marco significativo, já tendo realizado 20 doações de córneas em 2024, isto é, um aumento de 150% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram registradas 8 doações.

Atualmente, 360 pacientes no Piauí aguardam na fila de espera por um transplante de córnea, conforme dados da Central Estadual de Transplantes. Esses pacientes esperam ansiosamente pela oportunidade de voltar a enxergar e ter uma vida independente.

Nadja Miranda de Freitas, coordenadora do Núcleo de Córneas de Parnaíba, destaca que o Núcleo de Córneas do HEDA é referência na captação de córneas na região.

Localizado no HEDA e vinculado ao Banco de Olhos, em Teresina, o núcleo é pioneiro nessa iniciativa. Recentemente, o Banco de Olhos expandiu suas atividades, implantando um núcleo também no município de Piripiri, seguindo o modelo de sucesso da equipe de Parnaíba, pontua.

O Núcleo de Córneas do HEDA, em funcionamento desde 2020, é certificado pelo Banco de Tecidos Oculares do Hospital Getúlio Vargas (HGV). O atendimento ocorre todos os dias da semana, das 07h às 19h.

Benefícios das Doações

As doações beneficiam pessoas cadastradas na fila de espera para córneas no Piauí, com controle realizado pela Central Estadual de Transplantes.

A atuação do Núcleo de Córneas do HEDA e a colaboração do Instituto Médico Legal (IML) têm sido cruciais para aumentar as doações e proporcionar a muitos piauienses a chance de uma vida melhor.

Wal França, diretora-geral do HEDA, destaca a importância da conscientização e solidariedade das pessoas, além do trabalho efetivo de toda equipe envolvida para que se avance nas doações.

Essa sensibilização servirá para propagar informações sobre um programa tão importante já existente, mas sem ampla adesão. Nosso objetivo é destacar que a doação é um ato
humanitário, um gesto nobre de amor ao próximo e aqueles que desejam se tornar um doador, podem se manifestar em vida, afirmou.

Essa conquista reforça a relevância do Núcleo de Córneas do HEDA como um pilar fundamental na promoção da saúde ocular no Piauí, ampliando a esperança de uma vida melhor para muitos piauienses.

Leia também:  Ampliação de Saneamento Básico Melhora Saúde em Teresina

Parceria com o IML

A parceria com o IML tem sido fundamental para o aumento das doações.

No mês passado, foram registrados sete doadores de córneas, dos quais três foram provenientes do IML, representando quase 50% das doações do mês.

Pacientes que falecem no HEDA ou que chegam ao IML em até seis horas após a ocorrência são avaliados para doação de córneas. E a maioria dos óbitos de pessoas entre 3 e 75 anos permite a doação, salvo algumas causas específicas.

Processo de Captação e Transplante

Após a captação, as córneas são encaminhadas ao Banco de Olhos do Piauí, onde são preparadas e armazenadas até o momento do transplante.

A fila de receptores é única, sendo o tempo de espera o principal critério para seleção.

De acordo com Nadja, as marcas da cirurgia são imperceptíveis, assim como os curativos no rosto do doador, permitindo que velório e sepultamento sejam realizados normalmente.

Leia também:  Parnaíba: Maior Potência Mundial em Hidrogênio Verde é Lançada por Rafael Fonteles e Alckmin

Esclarecimento e Apoio às Famílias

Há muita desinformação e crenças equivocadas sobre a doação de órgãos e tecidos. Muitas pessoas ainda acreditam que o procedimento é demorado ou que o corpo ficará deformado.

O procedimento é ágil e a reconstrução da aparência do doador é uma prioridade.
Além disso, a equipe do Núcleo de Córneas tem a função de esclarecer quaisquer dúvidas e amparar as famílias com informações precisas para a tomada de decisão.

Legislação e Procedimentos

A legislação atual determina que apenas familiares de até segundo grau e cônjuges podem autorizar a doação de órgãos ou tecidos.

Uma entrevista é realizada com a família para explicar a possibilidade da doação de córneas.

Com a autorização, a equipe do núcleo realiza a captação do tecido ocular, que é, então, enviado para o Banco de Olhos, em Teresina, para preservação e preparo para transplante.

Sobre o HEDA

O Hospital Estadual Dirceu Arcoverde é custeado pelo Governo do Estado do Piauí e está sob gestão compartilhada do ISAC.

Possui 278 leitos de internação e observação, oferece mais de 20 especialidades clínicas e cirúrgicas, e atende os casos de média e alta complexidade de urgência e emergência em seus três prontos-socorros: adulto, pediátrico e obstétrico. Em 2022, foi selecionado para participar do sexto ciclo do Projeto Lean nas Emergências e ficou entre os cinco hospitais do Brasil com o melhor desempenho.

Sobre o ISAC

O Instituto Saúde e Cidadania é uma organização social sem fins lucrativos com sede em Brasília (DF) e que gerencia unidades de pronto atendimento (UPAs), ambulatórios, multicentros de saúde, espaço saúde e hospitais. É a primeira OS do Norte e Nordeste – e a segunda da América Latina – a ser acreditada internacionalmente em Rede de Atenção à Saúde com o selo Acreditado Diamante da Qmentum Internacional.

Sane Araujo

Jornalista e pesquisadora, formada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Piauí.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Últimos artigos do Blog